Texas informa caso sexualmente transmissível de vírus zika

Miami, 2 Fev 2016 (AFP) - Um condado no estado americano do Texas relatou nesta terça-feira um caso de zika que teria sido transmitido sexualmente, levantando novas preocupações sobre a propagação de um vírus transmitido por um mosquito e ligado a má-formações congênitas em recém-nascidos.

"O serviço de saúde do condado de Dallas recebeu a confirmação dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do primeiro caso de zika vírus sexualmente transmitido no condado de Dallas em 2016", disse um comunicado.

"O paciente foi infectado com o vírus após uma interação sexual com um indivíduo doente que voltou de um país onde o zika vírus está presente".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos