Laboratório indiano diz estar próximo de vacina contra vírus zika

Nova Délhi, 3 Fev 2016 (AFP) - Um laboratório indiano anunciou nesta quarta-feira que está próximo de desenvolver a primeira vacina do mundo contra o vírus zika, suspeito de causar má formação congênita.

Bharat Biotech, um fabricante de medicamentos da cidade de Hyderabad (sul), declarou que há um ano prepara duas vacinas contra o vírus, e que já está pronto para testá-las em animais.

Até o momento não existe vacina comprovada contra o vírus, transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti.

A doença está causando estragos na América Latina, particularmente no Brasil, onde tem havido um aumento acentuado nos casos de microcefalia em recém-nascidos.

"Nós somos os primeiros no mundo a solicitar uma licença para uma vacina contra o vírus zika", afirmou à AFP Rajarshi Dasgupta, chefe do setor de propriedade intelectual do laboratório, acrescentando que o processo foi aberto um ano atrás.

Bharat Biotech fez o anúncio um dia depois de o grupo farmacêutico francês Sanofi Pasteur declarar ter iniciado a preparação de uma vacina contra o mesmo vírus.

A Índia não registrou qualquer caso de infecção pelo vírus zika. Na Tailândia houve um caso e outro na Indonésia.

Nos Estados Unidos, as autoridades de saúde relataram um caso por contaminação sexual.

ja/erf/jv-az/avl/dmc/mr/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos