Militar russo é morto na Síria por obus lançado pelo EI

Moscou, 3 Fev 2016 (AFP) - Um "conselheiro militar" russo foi morto, nesta segunda-feira, na Síria, por um obus lançado pelo grupo Estado Islâmico (EI) - anunciou o Ministério russo da Defesa, citado pela agência de notícias Ria Novosti nesta quarta-feira à noite.

Estacionado em uma "guarnição militar" do Exército leal ao presidente Bashar al-Assad, esse militar russo treinava sírios no uso de "novos armamentos", quando foi "mortalmente ferido" por um tiro de obus, informou o Ministério russo, sem especificar o lugar do ataque.

Este é o terceiro militar russo morto desde o início da intervenção da Rússia na Síria, em 30 de setembro.

O Ministério russo disse ainda que a presença do conselheiro militar e das "novas armas" fazem parte dos acordos de ajuda firmados com Síria, uma forma de explicar que não se trata - segundo Moscou - de um militar enviado para apoiar as Forças Armadas sírias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos