Três palestinos mortos e duas israelenses feridas perto de Jerusalém

Jerusalém, 3 Fev 2016 (AFP) - Guardas de fronteira israelenses mataram três palestinos em um tiroteio durante um controle de identidade perto da Cidade Velha de Jerusalém, indicaram a polícia e o serviço de resgate israelenses.

Duas mulheres, que faziam parte do grupo de guardas de fronteira, foram feridas e uma delas está em estado crítico, indicou o serviço de emergência.

Os guardas suspeitaram de um grupo e cobraram seus documentos, relatou um porta-voz da polícia israelense.

Um dos indivíduos abriu fogo e os "guardas de fronteira reagiram imediatamente, neutralizando os terroristas", acrescentou o porta-voz da polícia.

Os palestinos tinham facas, explosivos e uma arma de fogo, explicou o porta-voz da polícia.

Este ataque é o mais recente episódio da nova onda de violência que assola desde 1º de outubro Israel, Jerusalém e a Cisjordânia ocupada.

Desde então, 164 palestinos, 25 israelenses, um americano e um eritreu morreram, de acordo com uma contagem da AFP.

A maioria dos palestinos mortos são autores ou supostos autores de ataques com faca. Outros morreram em confrontos com as forças de segurança.

lal/bpe.zm-dmc/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos