Espanha registra caso de grávida com zika proveniente da Colômbia

Madri, 4 Fev 2016 (AFP) - Uma mulher grávida que vive na Espanha e que viajou recentemente para a Colômbia foi diagnosticada com o vírus zika, anunciou nesta quinta-feira o ministério da Saúde espanhol.

Este seria o primeiro caso conhecido de uma mulher grávida infectada com o vírus na Europa.

A paciente diagnosticada na Catalunha "é uma mulher grávida que apresentou sintomas após uma viagem à Colômbia", anunciou o ministério.

Ele indicou que o caso foi incluído numa lista de sete casos "importados", de pessoas que contraíram o vírus durante uma viagem a zonas de risco.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou na segunda-feira estado de emergência pública internacional pelo possível vínculo entre o contágio de zika em mulheres grávidas e o aumento de casos de bebês nascidos com microcefalia.

O vírus também é suspeito de causar a síndrome neurológica de Guillain-Barré (SBG), que pode causar uma paralisia definitiva.

Transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti que também é vetor da dengue e do chikungunya, o zika vírus se expandiu particularmente pela América do Sul, que é a região mais afetada com mais de 1,5 milhões de casos no Brasil e mais de 20.000 na Colômbia.

bur-mck/pmr/pjl/mr/mm

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos