EUA pede novo diálogo a Rússia para reduzir armas nucleares

Washington, 5 Fev 2016 (AFP) - A assessora em segurança nacional do presidente americano, Barack Obama, aproveitou, nesta sexta-feira, o aniversário de um tratado de redução de armas nucleares para pedir à Rússia que aceite novas negociações para diminuir os arsenais de ambos os países.

Cinco anos depois de Washington e Moscou assinarem o Novo Tratado de Redução de Armas Estratégicas, a assessora Susan Rice convidou a Rússia a dar novos passos nesse sentido.

"Continuamos pedindo à Rússia que responda à solicitação do presidente já de cinco anos para iniciar os diálogos sobre novas reduções dos arsenais nucleares", afirmou.

O acordo atual, que ainda deve ser totalmente implementado, limita a 1.550 o número de ogivas nucleares e 700 o de veículos de lançamento para cada país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos