Kate del Castillo disposta a depor sobre El Chapo

Los Angeles, 5 Fev 2016 (AFP) - A atriz mexicana Kate del Castillo está "totalmente disposta" a prestar seu depoimento ante as autoridades mexicanas sobre seu vínculo com o recapturado Joaquín "El Chapo" Guzmán, sob a condição de que a audiência seja feita nos Estados Unidos, disse seu advogado à AFP.

Segundo Harland Braun, advogado da atriz em Los Angeles, onde ela mora, as autoridades mexicanas "não ordenaram" que Del Castillo testemunhasse sobre sua ligação com o barão mexicano da droga.

"Não é certo. É somente publicidade para o governo mexicano", comentou.

Braun acrescentou que a atriz de 43 anos "está totalmente disposta a falar", caso os representantes do México viajem aos Estados Unidos para recolher seu depoimento.

Del Castillo é alvo de uma ordem judicial para que se apresente "para uma declaração na qualidade de testemunha" sobre o caso de "El Chapo", informou a promotora-geral do México, Arely Gomez, durante uma coletiva de imprensa na quinta-feira.

Gómez explicou que a ordem foi feita depois que Del Castillo não atendeu a uma primeira citação para se declarar.

A mexicana se tornou protagonista de um escândalo midiático depois que foi divulgada publicamente sua mediação para que "El Chapo" participasse de uma entrevista com o ator americano Sean Penn, realizada quando o barão ainda estava foragido.

Na sexta-feira da semana passada, a atriz havia solicitado assistência para evitar uma eventual detenção, mas deverá argumentar ante um juiz sobre a solicitação nos próximos dias.

A promotoria mexicana também investiga se o narcotraficante teria investido na marca de tequila da qual a atriz é sócia, que leva o nome "Honor Del Castillo".

"'El Chapo' jamais investiu em nada dela. Não há nada vinculado ao dinheiro, o governo mexicano sabe", assegurou o advogado Braun em uma entrevista por telefone.

"Simplesmente estão envergonhados por terem-no deixado escapar duas vezes", prosseguiu.

Ele também afirmou que a atriz se sente "traída" por Sean Penn.

"Ela não sabia" que o ator publicaria um artigo na revista Rolling Stone sobre seu encontro com "El Chapo", que ela havia organizado.

Del Castillo, que tem nacionalidade mexicana e americana, disse no Twitter, em meados de janeiro, que daria sua própria versão dos fatos, o que não fez até o momento.

Guzmán foi preso no dia 8 de janeiro em Los Mochis, no estado de Sinaloa, seis meses depois de sua fuga espetacular de uma prisão de segurança máxima.

jg-ved/bdx/lm/fj/mp/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos