Zika: Agência Europeia de Medicamentos cria grupo para desenvolver vacina

Paris, 8 Fev 2016 (AFP) - A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou nesta segunda-feira a criação de um grupo de especialistas em zika destinado a acelerar o desenvolvimento de tratamentos ou vacinas contra o vírus, que causou uma epidemia na América Latina.

"Atualmente, não existe nenhuma vacina ou tratamento para a infecção pelo vírus da zika que tenha recebido a aprovação das autoridades sanitárias ou que seja alvo de testes clínicos", destaca um comunicado da agência europeia.

A decisão de criar um grupo de especialistas se deu depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a epidemia de "emergência de saúde pública de alcance mundial", em 1º de fevereiro.

O grupo de especialistas terá como missão favorecer a pesquisa de medicamentos contra o zika, formulando opiniões sobre questões científicas e regulamentares.

A EMA deve entrar em contato com as empresas que já começaram a trabalhar em tratamentos ou vacinas e revisar todos os novos dados sobre o vírs, para permitir uma reação rápida frente à crise de saúde pública.

O Brasil é o país mais afetado pela epidemia de zika, com 1,5 milhão de pacientes, seguido pela Colômbia, com 22,6 mil casos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos