Erdogan denuncia pressão para abrir as fronteiras da Turquia

Ancara, 11 Fev 2016 (AFP) - O presidente conservador-islâmico turco Recep Tayyip Erdogan denunciou nesta quinta-feira as pressões internacionais para que abra suas fronteiras aos milhares de refugiados sírios que fogem dos combates em Aleppo e insinuou que poderá enviá-los a outros países.

"Não tenho a palavra 'idiota' escrita na minha testa. Não acreditem que temos aviões e ônibus preparados para nada", afirmou.

"Faremos tudo que for necessário", acrescentou, em um discurso em Ancara ante um grupo de empresários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos