Bósnia-Herzegovina apresenta candidatura de adesão à UE

Bruxelas, 15 Fev 2016 (AFP) - A Bósnia-Herzegovina apresentou nesta segunda-feira seu pedido de adesão à União Europeia (UE), mas os dirigentes do bloco enfatizaram que a integração ao bloco só se concretizará dentro de alguns anos.

"Será um ano cheio de desafios", admitiu o presidente em exercício da presidência da Bósnia, Dragan Covic, ao entregar o pedido de adesão à presidência holandesa da UE.

"Devemos melhor nossa economia e teremos eleições locais que serão a ocasião de demonstrar que podemos reformar nosso país", afirmou.

O país foi classificado em 2003 como "candidato potencial", mas jamais conseguiu obter oficialmente este estatuto devido às divisões políticas entre as comunidades sérvia, croata e muçulmana, que impedem qualquer reforma.

Para tentar relançar o processo, a UE adotou um novo enfoque em 2014, que consiste em deixar de lado as difíceis revisões constitucionais e se concentrar nas reformas para relançar a economia e criar empregos.

O desemprego é superior aos 40% neste país de 3,8 milhões de habitantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos