Mísseis matam 50 pessoas em hospitais e escolas no norte da Síria (ONU)

Nações Unidas, Estados Unidos, 15 Fev 2016 (AFP) - Disparos de mísseis "mataram quase cinquenta civis, incluindo crianças, e fizeram muitos feridos" em ao menos cinco estabelecimentos médicos e duas escolas em Aleppo e Idlib, no norte da Síria, denunciou nesta segunda-feira a ONU.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, considerou os ataques "como violação flagrantes do direito internacional", segundo o porta-voz adjunto das Nações Unidas, Farhan Haq.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos