Nove mortos em ataque aéreo contra hospital sírio apoiado pela MSF

Beirute, 15 Fev 2016 (AFP) - Nove pessoas, entre elas uma criança, morreram nesta segunda-feira em bombardeios, aparentemente da aviação russa, contra um hospital apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) no norte da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"Um edifício que abrigava um hospital apoiado pela MSF foi integralmente destruído nesta segunda-feira, certamente por aviões russos, em Hadiyé, localidade ao sul de Maaret al-Numan", indicou o OSDH.

Os bombardeios também deixaram dezenas de feridos, segundo a ONG.

Um porta-voz da Médicos Sem Fronteiras em Paris confirmou que "um hospital apoiado pela MSF foi alvo de bombardeios aéreos" na região de Maaret al-Numan, 280 km ao norte de Damasco. O porta-voz não pôde dar até agora um balanço de vítimas.

A MSF ajuda 150 hospitais na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos