Na fronteira com EUA, Papa denuncia 'tragédia humana' de migrantes

Ciudad Juarez, México, 18 Fev 2016 (AFP) - O papa Francisco denunciou nesta quarta-feira a "tragédia humana" em que vivem os imigrantes que fogem da pobreza, da violência e do crime em seus países - em uma multitudinária missa em Ciudad Juárez, na qual encerrou sua viagem pelo México.

A missa foi acompanhada por milhares de fiéis em ambos os lados da fronteira com os Estados Unidos.

"Esta tragédia humana que a migração forçada representa hoje em dia é um fenômeno global", disse Francisco, acrescentando que "são irmãos e irmãs que saem expulsos pela pobreza e pela violência, pelo narcotráfico e pelo crime organizado".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos