EUA confirmam que China deslocou mísseis em ilha disputada

Washington, 18 Fev 2016 (AFP) - Uma fonte do governo americano confirmou que a China deslocou mísseis terra-ar em uma ilha em disputa no Mar da China Meridional, uma informação anunciada na quarta-feira por Taiwan após uma reportagem do canal Fox News.

A emissora americana exibiu esta semana imagens de duas baterias de oito lançadores de mísseis e um sistema de radar na ilha de Woody, a principal do arquipélago Paracelso.

"Acreditamos que as fotos são exatas e que a China deslocou mísseis terra-ar na ilha de Woody", disse à AFP uma fonte americana que pediu anonimato.

A fonte acrescentou que os projéteis parecem ser HQ-9, modelo que tem alcance de 200 km.

Pequim insiste em seu direito de construir sistemas de "autodefesa" nesta região estratégica. As ilhas do arquipélago Paracelso também são reivindicadas por Vietnã e Taiwan.

A tensão aumentou nos últimos meses desde que a China transformou alguns recifes nas Ilhas Spratly - mais ao sul -, em ilhas artificiais com capacidade de abrigar instalações militares.

Washington considera que tais ações ameaçam a livre navegação na região e enviou navios de guerra para reafirmar seu direito de circulação.

O secretário de Estado John Kerry denunciou na quarta-feira um "aumento da militarização" no Mar da China Meridional por parte de Pequim, algo que, disse, é um "assunto de grande preocupação".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos