Obama firma lei com novas sanções à Coreia do Norte

Washington, 18 Fev 2016 (AFP) - O presidente americano, Barack Obama, assinou nesta quinta-feira uma lei que impõe novas sanções à Coreia do Norte, após as provocações de um recente teste nuclear e do lançamento de um foguete - informou a Casa Branca.

A lei sancionada por Obama foi aprovada pelo Congresso na semana passada. O texto reforça as sanções a Pyongyang para a importação de bens e de tecnologia relacionados com armas de destruição em massa, assim como a qualquer pessoa envolvida em abusos aos direitos humanos, completou a Casa Branca.

O novo texto, uma resposta ao teste nuclear em 6 de janeiro, endurece as sanções prévias a Pyongyang e torna obrigatórias as penalidades que até agora estavam entregues à discrição do presidente.

As sanções, que incluem o congelamento de ativos, a proibição de vistos e o repúdio de contratos públicos americanos, estão dirigidas contra toda pessoa ou empresa que ajude o regime comunista de Pyongyang, principalmente na aquisição de materiais para fabricar armas de destruição em massa.

Embora todas as empresas que ajudam a Coreia do Norte possam ser sancionadas, sem dúvida será "difícil" aplicar a lei a empresa chinesas vinculadas a Pyongyang, admitiu o senador republicano Bob Corker, presidente da Comissão de Assuntos Exteriores.

"O objetivo não é castigar a China", explicou. "Mas se há entidades que ajudam (o regime norte-coreano) e nós sabemos que há, elas serão castigadas", disse Corker, que chamou o governo de Obama a ser intransigente.

A Coreia do Norte proclamou em 6 de janeiro ter testado com êxito uma bomba de hidrogênio, anunciou que os especialistas internacionais receberam com grande ceticismo.

Esta explosão constituiu o quarto teste nuclear do regime mais isolado do mundo e uma nova violação de resolução da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos