UE repreende a Áustria por seu plano de limitar pedidos de asilo

Bruxelas, 18 Fev 2016 (AFP) - A Comissão Europeia classificou nesta quinta-feira de incompatível com o direito europeu e internacional o plano da Áustria de limitar a 80 os pedidos diários de asilo dos refugiados.

"Tal política seria totalmente incompatível com as obrigações da Áustria sob a lei europeia e internacional", escreveu, em uma carta dirigida a Viena, o comissário europeu de Migração, Dimitris Avramopoulos.

Na véspera, a Áustria anunciou que vai limitar os pedidos de asilo a 80 por dia a partir desta sexta-feira, segundo a ministra do Interior, Johanna Mikl-Leitner.

A Áustria, que não quer superar o teto de 37.500 novos solicitantes de asilo em 2016, depois de ter recebido 90.000 pedidos em 2015, também limitará a 3.200 por dia o número de migrantes, que poderão transitar pelo país para pedir asilo em um país vizinho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos