Rússia vai continuar a ajudar Damasco no combate aos 'terroristas'

Moscou, 20 Fev 2016 (AFP) - A Rússia vai continuar a ajudar Damasco a lutar contra os "terroristas" na Síria, assegurou neste sábado o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, enquanto o Ocidente acusa Ancara e Moscou de atacar a oposição síria moderada.

"A Rússia continuará a defender sua linha política, a fim de prestar assistência e ajudar as forças armadas sírias em sua ofensiva contra os terroristas", disse Peskov a repórteres.

O porta-voz também "lamentou" a rejeição do Conselho de Segurança da ONU de um projeto de resolução apresentado por Moscou para cessar as operações militares da Turquia na Síria.

"Só podemos de lamentar que este projeto foi rejeitado", afirmou, ressaltando que a Rússia prosseguirá com sua política "para assegurar a estabilidade e integridade territorial da Síria".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos