Parlamento birmanês elegerá presidente uma semana antes do previsto

Naypyidaw, Mianmar, 1 Mar 2016 (AFP) - O parlamento birmanês começará a discutir a eleição do novo presidente no próximo dia 10 de março, uma semana antes do que estava previsto, o que torna cada vez menos possível uma candidatura da Nobel da Paz Aung San Suu Kyi.

O anúncio oi feito ante os deputados por Win Khaing Than, presidente do parlamento, que não deu explicações sobre as razões da mudança da data.

O anúncio dá lugar a inúmeras especulações, já que interfere nas negociações que há várias semanas Suu Kyi, líder histórica da oposição e grande vencedora nas eleições legislativas, realiza com os militares para mudar a Constituição que a impede de assumir a presidência.

O fato de a data ter sido antecipada dá a entender que Suu Kyi fracassou em sua tentativa de mudar a Constituição, afirmam os analistas.

str-hla-klm-dth/pt.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos