Washington segue prudente sobre sucesso de trégua na Síria

Washington, 1 Mar 2016 (AFP) - O governo americano declarou nesta terça-feira não ter constatado violações significativas da trégua na Síria, nas últimas 24 horas, mas se negou a cantar "vitória", devido à fragilidade do fim das hostilidades.

"Nestas últimas 24 horas, não recebemos quaisquer declarações de violações adicionais de vulto. Parece, então, que durante essas 24 horas, não houve mais rupturas do fim das hostilidades", comentou o porta-voz do departamento de Estado americano, John Kirby.

"Ninguém aqui no Departamento de Estado americano tira o pé do acelerador. Não tem ninguém cantando vitória", advertiu o porta-voz.

Patrocinadores deste acordo de trégua em vigor desde sábado, russos e americanos duvidavam até mesmo de sua viabilidade.

A Rússia, que desde setembro apoia o governo de Damasco com uma campanha aérea, anunciou pelo menos 15 violações da trégua nas últimas 24 horas - em particular na capital, nas províncias de Aleppo (norte), Homs (centro) e Latakia (noroeste).

Sobre a manutenção da frágil trégua, Kirby comentou: "parece que, até agora, em geral se respeita".

O porta-voz do departamento de Estado disse ter notado uma "redução notória" da violência, apesar de continuarem os bombardeios contra os grupos Estado Islâmico e Frente Al-Nosra. Kirby garantiu, porém, que o objetivo a longo prazo da comunidade internacional é "zero" violação do cessar-fogo.

Nesta terça, o presidente Bashar al-Assad prometeu proceder de tal maneira que a trégua na Síria "funcione". Contrariando as expectativas iniciais, neste quarto dia, o cessar-fogo está sendo respeitado em geral.

Desde o primeiro dia do cessar-fogo, governo e rebeldes se acusam mutuamente de tê-lo violado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos