Colômbia desarticula rede de narcotráfico para EUA

Bogotá, 2 Mar 2016 (AFP) - Uma rede de tráfico de cocaína para os Estados Unidos baseada na Colômbia e que operava na Venezuela e em Honduras foi desarticulada com a captura de 12 pessoas, informaram nesta quarta-feira as autoridades colombianas.

"Esta estrutura traficava cerca de duas toneladas e meia por mês para os Estados Unidos, com o envolvimento de cartéis venezuelanos, hondurenhos e do mexicano Los Zetas", disse Pablo Ruiz, membro da DIJIN, a polícia judicial da Colômbia.

"No total, foram detidas 12 pessoas, incluindo o chefe da rede, financiadores, encarregados de laboratórios" e os pessoal que transportava a droga, destacou a DIJIN.

O líder do grupo foi identificado como Roger Reyes Gómez, conhecido por Tana. Em outubro de 2015 já havia sido capturado outro líder da rede, Mariano Cárdenas Linares "Yuca", já extraditado para os Estados Unidos.

A rede tinha suas principais bases nos departamentos de Meta, Guaviare, San Andrés e na capital Bogotá, revelou a polícia.

A organização utilizava pistas clandestinas de pouso na região de Apure, na Venezuela, de onde a droga seguia para Honduras para ser distribuída entre diversos grupos.

Uma rota alternativa utilizava o transporte marítimo pela costa atlântica da Colômbia. "A droga era levada por barcos até Honduras, e de lá para os Estados Unidos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos