Combates em Darfur deixam mais de 90 mil deslocados

Nações Unidas, Estados Unidos, 3 Mar 2016 (AFP) - Ao menos 90 mil civis foram deslocados pelos intensos combates que ocorrem há seis semanas entre o Exército e os rebeldes na região de Jebel Marra, no coração de Darfur, oeste do Sudão, informaram nesta quinta-feira a ONU e a União Africana.

Em um comunicado conjunto, o presidente da Comissão da União Africana (UA), Nkosazana Dlamini-Zuma, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediram a Cartum que permita o acesso à região de missão conjunta da ONU e da UA para Darfur.

Os dois expressaram sua "profunda preocupação" diante do êxodo de mais de 90 mil civis para o norte de Darfur, que se somam aos 2,6 milhões de refugiados do conflito.

A nota destaca que existem "informações não confirmadas sobre um grande número de deslocados no centro de Darfur", aos quais as organizações humanitárias ainda não tiveram acesso.

A fuga de civis provocada pelos combates iniciados no final de janeiro é a maior da última década, em meio à intensificação do conflito iniciado em 2003, quando os rebeldes iniciaram a campanha contra o governo em Cartum que já provocou mais de 300 mil mortes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos