Exército nigeriano liberta 63 reféns do Boko Haram

Lagos, 4 Mar 2016 (AFP) - O Exército nigeriano garantiu na noite desta quinta-feira que resgatou 63 reféns do grupo islâmico Boko Haram em povoados do nordeste do país.

"Durante a operação (os soldados) mataram cinco terroristas do Boko Haram e salvaram 63 reféns" mantidos pelos rebeldes islâmicos, declarou o porta-voz do Exército nigeriano, Sani Usman.

Os cinco combatentes do Boko Haram foram mortos em confrontos nos povoados de Lawin Meleri, Matiri Bulaka e Aljeri, segundo o Exército.

Os militares destruíram ainda dois campos do Boko Haram na selva de Alagarno, Estado de Borno, próximos à selva de Sambisa, um dos feudos históricos do grupo islâmico.

A Nigéria enfrenta desde 2009 a revolta do Boko Haram, que já causou ao menos 17 mil mortes no norte do país, majoritariamente muçulmano, e mais de 2,6 milhões de deslocados.

Para combater o Boko Haram, quatro países em torno do lago Chad - Nigéria, Chade, Níger e Camarões - e o Benin criaram a Força de Intervenção Conjunta Multinacional (MNJTF), integrada por 8.700 militares, policiais e civis, ainda não operacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos