Maduro diz que Lula é vítima de um 'ataque miserável'

Caracas, 4 Mar 2016 (AFP) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou neta sexta-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo vitima de um 'ataque miserável' em função de convocação para prestar depoimento pelo caso de corrupção envolvendo a Petrobras.

"Lula, o caminho tem sido longo e não podem contigo, deste ataque miserável sairás ainda mais forte, a Venezuela de Abraça", escreveu Maduro no Twitter.

O chefe do bloco governamental no parlamento venezuelano, Héctor Rodríguez, também expressou sua solidariedade para com Lula, que foi um estreito aliado do falecido Hugo Chávez (1999-2013).

"A Direita não tem limites, não acredita na democracia, hoje detém o companheiro Lula e sem nenhuma prova o acusam de corrupção. Ele foi detido porque lançou sua candidatura à presidência e tem mais de 70% de apoio", assinalou Rodríguez no Twitter.

A Polícia Federal levou nesta sexta-feira o poderoso ex-presidente para depor e fez buscas em sua casa para investigar se é culpado de corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito do escândalo de fraude da Petrobras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos