Ex-presidente colombiano Álvaro Uribe diz que seu irmão é "preso político"

Rionegro, Colômbia, 6 Mar 2016 (AFP) - O ex-presidente da Colômbia e atual senador Álvaro Uribe afirmou neste domingo que seu irmão Santiago, detido por acusações de homicídio e vínculos com paramilitares, é um "preso político" que "suportou 20 anos de perseguição e de tortura" por ser seu parente.

"Santiago Uribe, hoje preso político, (...) suportou 20 anos de perseguição e de tortura por ser meu irmão", disse o ex-presidente (2002-2010) em coletiva de imprensa em Rionegro, Antioquia, em sua primeira aparição pública desde de a prisão de seu irmão na última segunda-feira.

O irmão do ex-presidente é investigado há anos por seu envolvimento na criação dos Doze Apóstolos, grupo paramilitar apontado como o responsável por várias mortes em Antioquia há vinte anos.

Segundo a Promotoria, o grupo promovia uma "limpeza social", eliminando com o apoio da força pública os cidadãos com supostas relações com as guerrilhas de esquerda.

Neste contexto ocorreu o assassinato do motorista de ônibus Camilo Barriento, em 25 de fevereiro de 1994, no município de Yarumal, em Antioquia, pelo qual Santiago Uribe é acusado após ser denunciado pelo major reformado da polícia Juan Carlos Meneses.

Neste domingo, o ex-presidente Uribe acusou Meneses de "falso testemunho". Em abril de 2010, em Buenos Aires e diante do Nobel da Paz argentino Adolfo Pérez Esquivel e de outros defensores de diretos humanos, Meneses apontou Santiago como chefe e patrocinador dos Doze Apóstolos.

O ex-presidente acusou Pérez Esquivel de estar "a serviço do terrorismo" e de ser "protetor de falsos testemunhos".

Álvaro Uribe é ferrenho opositor do governo de Juan Manuel Santos e do processo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e acusa o atual presidente de "submeter as instituições e de coagir os dissidentes".

aqv-ad/val/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos