Missão FMI-UE-BCE chega nesta terça à Grécia para examinar reformas

Bruxelas, 7 Mar 2016 (AFP) - Os representantes dos credores da Grécia - a troica formada por FMI-UE-BCE - voltam nesta terça-feira a Atenas para continuar sua auditoria das reformas realizadas pelo governo grego - anunciou o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

Nesta mesma entrevista, após uma reunião dos ministros das Finanças da zona euro em Bruxelas, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, declarou que a possibilidade de aliviar a dívida grega é um dos temas que estará oficialmente "sobre a mesa" de negociações.

Mais de um mês depois de uma primeira visita, este retorno é muito esperado pelo governo grego. Nos últimos dias, Atenas vinha lamentando o atraso das análises dos avanços de suas reformas.

Em relação à dívida pública da Grécia, "temos uma promessa de longa data, quanto a se o governo grego cumpria seus compromissos. Faremos todo o necessário para torná-la administrável", afirmou Dijsselbloem.

"Hoje, temos dito explicitamente, na mesa, que esta discussão estaria em nossa agenda em um futuro próximo", acrescentou o ministro holandês das Finanças, falando de "um vínculo muito forte" entre esta questão de amenizar a dívida e as exigências orçamentárias impostas como contrapartida a um terceiro plano de ajuda ao país.

Segundo Dijsselbloem e Moscovici, ainda são necessários esforços por parte dos gregos para que estejam em conformidade com as demandas formuladas por essas instituições multilaterais em julho de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos