EUA pedem a Volkswagen mais informação por caso de alteração de motores

Nova York, 9 Mar 2016 (AFP) - Os Estados Unidos expandiram sua investigação contra a Volkswagen no caso de alterações nos motores a diesel para escapar dos controles antipoluição - disse nesta terça-feira uma fonte próxima ao assunto.

O Departamento de Justiça apresentou um novo pedido ao fabricante alemão pedindo-lhe vários detalhes sobre os sistemas sob investigação, disse a fonte.

A pesquisa baseia-se na legislação destinada a prevenir a fraude no setor bancário existente e instituições comerciais vigente desde 1989.

Esta lei serviu em 2013 para punir com uma multa de 13 bilhões de dólares o banco JPMorgan Chase por ter títulos hipotecários tóxicos vendidos chamados "subprime" - que deram origem à crise financeira de 2008.

No caso da Volkswagen, o Departamento de Justiça está investigando se o grupo alemão abusou dos benefícios fiscais norte-americanos, já que muitos dos compradores dos veículos envolvidos no escândalo se beneficiaram de um crédito fiscal de 1.300 dólares destinado a incentivar a venda de carros mais limpos.

Uma fonte do grupo alemão indicou que "como disse anteriormente, não faz comentários sobre investigações em curso".

A Volkswagen corre o risco de pagar uma multa de dezenas de milhões de dólares nos Estados Unidos por ter instalado em 600.000 carros a diesel um dispositivo capaz de falsificar a quantidade de gases de efeito estufa que emitem.

lo/jld/hov/fj/mm

VOLKSWAGEN

J.P. MORGAN CHASE & CO

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos