Irã não mudou comportamento após acordo nuclear, lamenta general americano

Washington, 8 Mar 2016 (AFP) - O Irã não mudou seu comportamento após o acordo internacional sobre seu programa nuclear e a suspensão progressiva das sanções contra Teerã, lamentou nesta terça-feira o chefe das forças americanas no Oriente Médio, após novos testes de mísseis balísticos iranianos.

"O Irã permanece como uma força desestabilizadora na região", declarou o general Lloyd Austin - chefe do Centcom (comando das forças americanas no Oriente Médio) - à comissão das Forças Armadas do Senado.

Os Estados Unidos e os países da região "estão preocupados" com a capacidade do Irã em matéria de mísseis balísticos, explicou o general, acrescentando que este não é o único ponto de preocupação.

"As pessoas da região estão preocupadas com a capacidade (dos iranianos) em matéria cibernética, sua capacidade para minar os estreitos (marítimos) e, definitivamente, a atividade das forças Qods" (encarregadas das operações no exterior dos Guardiães da Revolução).

"Há uma série de coisas que me fazem pensar que seu comportamento não mudou" após o acordo nuclear.

As autoridades iranianas anunciaram nesta terça-feira que o Irã realizou uma série de testes com mísseis balísticos, em diferentes pontos de seu território, a partir de bases subterrâneas e com objetivos "dissuasivos".

Os Estados Unidos anunciaram novas sanções relacionadas ao programa iraniano de mísseis balísticos no dia 17 de janeiro, logo após a suspensão da maioria das medidas internacionais contra o programa nuclear de Teerã em decorrência do acordo firmado em julho de 2015 entre o Irã e as grandes potências.

No início de janeiro, a TV iraniana mostrou imagens de uma base subterrânea com mísseis de 1.700 km de alcance.

O Irã realizou ao menos um teste bem sucedido com este tipo de míssil, em outubro, e segundo especialistas da ONU constituiu uma violação da resolução de 2010 que proíbe o uso de mísseis balísticos por parte de Teerã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos