Netanyahu desiste de ir a Washington para não interferir nas primárias

Jerusalém, 8 Mar 2016 (AFP) - Israel afirmou nesta terça-feira que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu declinou um convite para se reunir com o presidente Barack Obama em meados de março, em Washington, por não querer interferir nas primárias eleitorais americanas.

"O primeiro-ministro decidiu não ir a Washington por ora quando a campanha para as primárias americanas estão em seu apogeu", indicou o gabinete de Netanyahu em um comunicado.

A Casa Branca informou na segunda-feira que Netanyahu declinou um convite para reunir-se com Obama e expressou sua surpresa pela decisão.

Este novo obstáculo nas relações entre os governos de Obama e Netanyahu ocorre às vésperas da visita a israel do vice-presidente americano Joe Biden.

Segundo os Estados Unidos,o governo de Israel havia solicitado um encontro, nos dias 17 ou 18 de março, e há duas semanas a Casa Branca colocou na agenda a reunião para o dia 18.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos