Líderes social-democratas europeus discutem crescimento e reformas

Paris, 12 Mar 2016 (AFP) - Quinze líderes social-democratas europeus foram recebidos neste sábado em Paris pelo presidente francês, François Hollande, para discutir formas de promover o crescimento econômico e reformar a União Europeia.

Sucessivamente, Hollande recebeu, entre outros, no Palácio do Eliseu, o premier italiano, Matteo Renzi, o vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, o chefe de governo português, Antônio Costa, e o premier grego, Alexis Tsipras, presente "na qualidade de observador".

O presidente francês estava acompanhado de seu primeiro-ministro, Manuel Valls, e do chanceler Jean-Marc Ayrault.

Os participantes se reuniram para discutir "um novo modelo de crescimento para a Europa", e "a luta contra o populismo e o extremismo", com o objetivo de evitar, também, que o debate sobre a permanência do Reino Unido no bloco "se torne um debate geral", indicaram os colaboradores de Hollande.

"A Europa passou muito tempo discutindo temas da atualidade: Grécia, migrantes, refugiados. Mas chegou o momento de recolocar na ordem do dia outras questões, para que os europeus recuperem as perspectivas e uma agenda de crescimento", assinalaram os colaboradores do presidente.

Entre as demais autoridades políticas estavam o comissário europeu de Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici, a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, e o presidente da Eurocâmara, Martin Schulz.

O encontro acontece antes da nova reunião de cúpula do bloco, marcada para os dias 17 e 18 em Bruxelas, onde se tentará chegar a um acordo com a Turquia sobre o controle do fluxo migratório, que colocou em xeque a coesão política na UE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos