Estado Islâmico volta a ocupar cidade iraquiana 24 horas após sua retirada

Bagdá, 14 Mar 2016 (AFP) - O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) retomou nesta segunda-feira a cidade de Rutba, 24 horas após a sua retirada desta região localizada no oeste do Iraque, na província de Al-Anbar, na fronteira com a Síria e a Jordânia, de acordo com autoridades locais.

O prefeito de Rutba havia avisado que possivelmente o grupo jihadista se retirou para testar a lealdade da população e identificar os habitantes que cooperavam secretamente com as forças de segurança.

"O Daesh (sigla do EI em árabe) recuperou o controle de Rutba (...) de onde havia se retirado no dia anterior", disse um funcionário público.

"O Daesh retornou de Al-Qaim, com veículos blindados e de artilharia", acrescentou a fonte, que pediu anonimato, referindo-se ao reduto jihadista na fronteira com a Síria, ao norte da província de Al-Anbar.

No entanto, ele informou que os combatentes estrangeiros não voltaram para Rutba.

A província de Al-Anbar é controlada em grande parte pelo EI, embora o cerco das forças de segurança tenha contido os jihadistas em algumas partes.

Assim, a cidade de Fallujah, apenas 50 km a oeste de Bagdá, está quase totalmente cercada pelas forças pró-governo, que recebem o apoio dos bombardeios aéreos da coalizão internacional contra o EI.

str-jmm/feb/me/avl/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos