Polícia turca detém quatro suspeitos vinculados a atentado de Ancara

Ancara, 14 Mar 2016 (AFP) - A polícia turca deteve nesta segunda-feira em Sanliurfa (sudeste) quatro suspeitos de estar vinculados ao atentado com carro-bomba que no domingo matou 36 pessoas em Ancara, informou a agência de notícias pró-governamental Anatolia.

A polícia realizou esta operação diante das informações de que o veículo utilizado no atentado havia sido comprado nesta cidade do sudeste de maioria curda perto da fronteira com a Síria, acrescentou a agência.

Por sua vez, a agência Dogan informou sobre a prisão de seis pessoas na operação.

O veículo foi comprado nesta cidade e depois conduzido a Ancara, segundo os dois meios de comunicação.

O atentado de domingo, o terceiro em menos de seis meses na capital turca, não foi reivindicado, mas as autoridades acusam os rebeldes curdos de tê-lo cometido.

"Acreditamos que um dos responsáveis é uma mulher com vínculos com o PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão)", disse à AFP um funcionário turco sob condição de anonimato.

Segundo a imprensa turca, seria uma mulher identificada como Seher Cagla Demir.

BA/pa/pt/zm-meb/eg/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos