Rússia se opõe a sanções contra Irã por teste de míssil balístico

Nações Unidas, Estados Unidos, 14 Mar 2016 (AFP) - A Rússia se opõe a sancionar o Irã após seus recentes testes de mísseis balísticos, disse nesta segunda-feira o embaixador de Moscou na ONU, Vitaly Churkin.

Ao ser perguntado se o Conselho de Segurança irá impor sanções a Teerã, Churkin respondeu: "a resposta curta e clara é não".

O Conselho de Segurança se reuniu nesta segunda-feira a pedido dos Estados Unidos para discutir os testes de mísseis que a embaixadora de Washington na ONU, Samantha Power, classificou de "provocativas e desestabilizadoras".

Mas Churkin disse que o Irã não estava violando a resolução da ONU adotada após a assinatura do acordo nuclear alcançado com as potências internacionais.

Esta resolução convoca Teerã a evitar o desenvolvimento de mísseis balísticos capazes de carregar ogivas nucleares.

O Irã alega que os últimos testes de mísseis, na terça e quarta-feira passados, não estavam destinados a desenvolver capacidades nucleares.

A Grã-Bretanha indicou que pedirá ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que prepare um relatório sobre os lançamentos de mísseis para determinar se houve uma violação da resolução 2231.

"Consideramos que o Irã ignora de forma descarada a resolução 2231", afirmou o embaixador britânico Matthew Rycroft antes da reunião a portas fechadas do Conselho.

O embaixador francês, François Delattre, disse, por sua vez, que "estamos preocupados, porque estamos em um caso de descumprimento da 2231".

Os Estados Unidos impuseram sanções ao Irã em janeiro por seu programa de mísseis balísticos, quando o mundo ainda saudava o histórico acordo nuclear.

Mas a postura da Rússia, que como membro permanente do Conselho tem poder de veto, descarta qualquer possibilidade de sanções da ONU contra Teerã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos