Ataque da coalizão liderada por sauditas mata 41 civis em mercado no Iêmen

Em Aden (Iêmen)

Ao menos 41 civis morreram em bombardeios da coalizão liderada pela Arábia Saudita em um mercado na província iemenita de Haja (norte), nesta terça-feira (15), informaram os serviços médicos.

Um porta-voz de um hospital da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) indicou que recebeu os corpos de 41 vítimas dos bombardeios e que tratou de 35 feridos.

Um funcionário do serviço de saúde acrescentou que as vítimas, entre as quais várias crianças, eram civis e que os números podem subir.

Autoridades regionais e fontes tribais disseram à AFP que as aeronaves da coalizão realizaram vários bombardeios contra o mercado da cidade de Mustabaa.

Por sua vez, os rebeldes indicaram em seu site, sabanews.net, que houve dois ataques no mercado e um restaurante nas proximidades, matando 65 civis.

Segundo a ONU, mais de 6.100 pessoas morreram no Iêmen, quase metade deles civis, desde o início, em março de 2015, da intervenção liderada pela Arábia Saudita.

Tal intervenção tem como objetivo apoiar o governo iemenita em sua guerra contra os rebeldes xiitas, que ainda controlam a capital Sanaa e muitas áreas do norte e oeste do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos