Correio direto entre Cuba e EUA é restabelecido pouco antes da chegada de Obama

Havana, 15 Mar 2016 (AFP) - Quatro dias antes de o presidente Barack Obama chegar a Cuba, um "voo inaugural" restabelecerá na quarta-feira o correio direto entre os Estados Unidos e a ilha, interrompido há meio século, informou a empresa estatal encarregada do serviço.

"Em 16 de março de 2016, será realizado o voo inaugural que restabelecerá o intercâmbio direto de correio postal entre os dois países mediante a implementação de um plano piloto, que deve se instituir com caráter permanente no futuro", informou o Grupo Empresarial Correios de Cuba.

Em uma breve nota, publicada nesta terça-feira no jornal oficial Granma, a empresa estatal explicou que este serviço "permitirá envios diretos entre Cuba e os Estados Unidos de correspondência, encomendas postais, mensagens e pacotes expressos através das agências de correio dos dois países".

Em dezembro os dois países anunciaram um acordo para restabelecer este serviço, no âmbito das medidas de flexibilização que Washington vem adotando após o restabelecimento das relações diplomáticas com a ilha, em meados de 2015.

Obama chegará a Cuba no domingo em uma inédita visita que se estenderá até teça-feira e que busca coroar o degelo entre os outrora inimigos da Guerra Fria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos