Delcídio Amaral acusa Mercadante de tentativa de suborno em troca de silêncio

Brasília, Brasil, 15 Mar 2016 (AFP) - O senador Delcídio Amaral, do PT-MS, processado por fraude no escândalo da Petrobras, acusou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, de querer suborná-lo para evitar que comprometesse o governo da presidente Dilma Rousseff ante a justiça.

Segundo a delação premiada de Delcídio, homologada nesta terça-feira, Mercadante contatou um colaborador próximo do senador para pedir calma e assegurar que a questão de pagamento de advogados "poderia ser solucionada".

bur-nr/js/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos