Polícia belga foi atacada em Bruxelas por 'uma ou várias' pessoas armadas (Justiça)

Bruxelas, 15 Mar 2016 (AFP) - "Uma ou várias pessoas" dispararam nesta terça-feira contra policiais belgas e francesas que faziam uma operação de busca de rotina na comuna de Forest, em Bruxelas, e um dos suspeitos morreu com um fuzil kalashnikov na mão, informou a Procuradoria belga.

Nesta operação de rotina, organizada no âmbito da investigação dos atentados de Paris, "uma ou várias pessoas atiraram imediatamente contra a polícia", ferindo quatro oficiais, entre eles um francês, indicou a Procuradoria em um comunicado. A operação que a polícia lançou nesta residência resultou na morte de um suspeito que estava com uma "arma de guerra tipo Kalashnikov".

Mais cedo, o premiê belga, Charles Michel, informou que continuavam as operações policiais lançadas esta tarde depois que "buscas de rotina" terminaram em troca de tiros entre a polícia e suspeitos armados.

"As operações continuam", disse o primeiro-ministro em uma rápida apresentação à imprensa para comentar estes incidentes em que "quatro de nossos agentes ficaram levemente feridos". Uma policial francesa, que participava da "busca de rotina", também ficou ferida.

bur-pa/jz/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos