EUA: pré-candidatos falam como estudantes do Ensino Médio e Fundamental

Nova York, 16 Mar 2016 (AFP) - Boa parte do tempo, os principais pré-candidatos na disputa pela presidência dos EUA recorrem, em seus discursos, a palavras e a uma gramática típicas de estudantes do Ensino Fundamental - afirma um estudo, que aponta ainda que seu nível cai à medida que a campanha avança.

O Instituto de Tecnologias da Linguagem da Universidade Carnegie Mellon (CMU), de Pittsburgh (leste dos EUA), investigou o nível lexical e de gramática dos discursos de campanha de cinco candidatos - os republicanos Donald Trump, Ted Cruz e Marco Rubio (agora fora da disputa), e os democratas Hillary Clinton e Bernie Sanders -, comparando-os aos de ex-presidentes americanos.

A instituição descobriu que a maioria recorre a palavras e gramática típicas dos alunos na faixa dos 11 aos 13 anos, entre a 6ª e a 8ª séries (no sistema brasileiro).

Nesse sentido, o bilionário Donald Trump tem um desempenho pior do que os dos outros quatro candidatos estudados - tanto por seu nível gramatical, associado ao de um aluno abaixo do 6º ano, quanto por seu vocabulário, que corresponde ao de um aluno da 7ª série.

No sentido oposto, Bernie Sanders é o mais elaborado, recorrendo a um vocabulário do 1º ano do Ensino Médio.

Em matéria de gramática, Donald Trump é o pior de todos, enquanto os demais ficam entre a 6ª e a 7ª séries.

De acordo com o estudante de Pós-Graduação Elliot Schumacher, que participou da pesquisa, os discursos de Trump e de Hillary Clinton mostraram maior variedade, sugerindo que trabalham mais duro do que os demais para adaptar seus pronunciamentos a audiências específicas.

O estudo mostra também que o vocabulário desses cinco candidatos se reduziu nessas últimas semanas e que usam palavras cada vez mais simples.

Em comparação com ex-presidentes dos Estados Unidos, ninguém alcança o nível de Abraham Lincoln, uma das mais prestigiadas lideranças da história do país. Seu célebre discurso de Gettysburg, de 1863, é considerado do nível do segundo ano do Ensino Médio.

No caso de George W. Bush, por exemplo, já bastante ironizado por suas declarações, seu nível seria o equivalente ao de um estudante da 5ª série - abaixo de Trump.

Os discursos de campanha de Lincoln, Ronald Reagan, Bill Clinton, George W. Bush e Barack Obama exibiram um vocabulário condizente com a 8ª série.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos