Quatro policiais belgas são acusados de extorsão e violência contra estrangeiros ileagais

Bruxelas, 17 Mar 2016 (AFP) - Quatro policiais belgas da Antuérpia (norte), suspeitos de extorsão e roubo com violência contra pessoas "em situação precária", incluindo estrangeiros sem documentos, foram acusados e três deles colocados sob prisão preventiva nesta quinta-feira, informou a procuradoria da cidade flamenga.

Os quatro inspetores de polícia, com idades entre 24 a 34 anos, também foram suspensos das suas funções, de acordo com o gabinete do prefeito de Antuérpia, Bart De Wever, citado pela agência de notícias Belga.

Como parte de uma investigação judicial aberta há vários meses, os quatro policiais foram interpelados na quarta-feira e interrogados nesta quinta por um juiz de instrução, segundo as autoridades da Antuérpia.

Três foram colocados em prisão preventiva, enquanto o quarto foi liberado "sob condições estritas".

Eles são acusados de extorsão e roubo contra pessoas "em uma situação precária", segundo a procuradoria. Os fatos ocorreram durante o serviço dos agentes.

"Há evidências de que os policiais controlaram de forma arbitrária, espancaram e despojaram de seus bens" as vítimas em questão.

"Se os fatos forem confirmados, é uma página negra na história do nosso corpo (policial)", reagiu em uma declaração De Wever, que defende uma política firme na luta contra a delinquência desde que assumiu a maior cidade do Flandres, em janeiro de 2013.

Há uma "forte suspeita de que tal comportamento foi inspirado por motivações racistas", ressaltou, por sua vez, a agência pública independente Unia, responsável pela luta contra a discriminação.

Entre as vítimas estão estrangeiros ilegais, mas também refugiados, segundo ela.

"Esta é a coisa mais patética que um policial pode fazer. Os ilegais são impotentes, nunca vão prestar queixa por medo de serem deportados", declarou sob condição de anonimato um policial, citado pelo jornal flamengo De Morgen.

str-siu/mad/bds/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos