"Dilma sabia de tudo", afirma Delcídio do Amaral

Rio de Janeiro, 19 Mar 2016 (AFP) - o senador Delcídio do Amaral afirmou em entrevista à revista Veja que a presidente Dilma Rousseff "sabia de tudo", referindo-se ao esquema de corrupção bilionário envolvendo a Petrobras investigado pela Operação Lava Jato.

"A Dilma herdou e se beneficiou diretamente do esquema, que financiou as campanhas eleitorais dela", afirmou Delcídio do Amaral, ex-líder do governo no Senado, à revista.

"O Lula negociou diretamente com as bancadas as indicações para as diretorias da Petrobras e tinha pleno conhecimento do uso que os partidos faziam das diretorias, principalmente no que diz respeito ao financiamento de campanhas. O Lula comandava o esquema", garantiu.

"A Dilma também sabia de tudo. A diferença é que ela fingia não ter nada a ver com o caso", completou.

Segundo o delator Lula e Dilma "tentam de forma sistemática obstruir os trabalhos da Justiça".

Na semana passada, o senador afirmou que o ministro da Educação Aloizio Mercadante, figura histórica do PT, tentou comprar o silêncio operando como "emissário da presidente".

Delcídio do Amaral foi preso em novembro do ano passado por tentar obstruir a investigação da Petrobras. Ele foi soltou quase três meses mais tarde, depois de ter aceitado o acordo de delação premiada.

ka-js/dw/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos