Anular acordo com Irã é prioridade da política externa de Trump

Washington, 22 Mar 2016 (AFP) - O pré-candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, declarou nesta segunda-feira que sua prioridade na política externa, caso seja eleito presidente, será anular o acordo com o Irã.

"Minha prioridade número um é desmontar o desastroso acordo com o Irã", disse o pré-candidato republicano, considerado favorito nas pesquisas de intenção de voto, durante conferência ao grupo de lobby americano pró-Israel AIPAC (Comitê de Assuntos Públicos Israelense-americano).

"Este acordo é catastrófico para a América, para Israel e para o Oriente Médio", insistiu Trump, criticando o presidente democrata Barack Obama porque, com a assinatura deste acordo, "talvez tenha feito a pior coisa que jamais pudesse ocorrer a Israel".

O acordo com o Irã, assinado em 14 de julho e que buscava por fim às atividades nucleares de Teerã, garantindo a natureza estritamente civil do seu programa, foi qualificado como histórico pelo governo Obama e seu secretário de Estado, John Kerry.

O texto provocou tensões entre Washington e alguns de seus aliados históricos, entre eles Israel e também a Arábia Saudita.

"Vamos desmantelar a rede mundial terrorista do Irã, que é imponente e poderosa, mas não mais poderosa que nós", acrescentou, em seu discurso, o favorito entre os pré-candidatos republicanos, que foi calorosamente aplaudido pelo auditório em várias ocasiões em que se referiu ao Irã e a Obama, que deixará a Casa Branca em 20 de janeiro de 2017.

O Irã sempre negou que buscasse desenvolver uma arma atômica e assegura que seus mísseis não são concebidos para portar uma arma deste tipo. No entanto, os Estados Unidos e os países da região, entre eles as monarquias do Golfo e e Israel, "estão preocupados" com as capacidades do Irã para desenvolver mísseis balísticos.

Em 8 e 9 de março passado, o Irã fez vários testes com mísseis balísticos em caráter "dissuasivo", desatando críticas e condenações internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos