Ataque contra missão militar da UE em Mali é contido, agressores fogem

Bamako, 21 Mar 2016 (AFP) - Um hotel de Bamako, sede da missão de formação da União Europeia (UE) que treina o Exército malinês (EUTM Mali), foi atacado nesta segunda-feira à noite, e seus autores já foram repelidos - disse uma fonte militar à AFP, acrescentando que um deles foi "neutralizado".

"Quatro pessoas tentaram forçar nossa barreira, atirando", disse a mesma fonte. "Um dos quatro agressores foi neutralizado, outros três estão sendo procurados", completou, sem especificar se aquele que foi neutralizado está morto.

O hotel, ocupado totalmente pela missão de treinamento da UE (EUTM Mali), localiza-se perto do hotel Radisson Blu que, em 20 de novembro, foi atacado por jihadistas do grupo Al Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI), deixando 20 mortos.

"O quartel da EUTM Mali foi atacado. Ninguém ficou ferido e não houve danos", anunciou a missão europeia no Twitter e no Facebook.

"Escutei tiros no hotel. Depois, os militares malienses fecharam o setor", relatou pouco antes uma testemunha à AFP.

O bairro ficou bloqueado e chegaram ao local três blindados da Missão de Estabilização da ONU no Mali (Minusma), segundo um jornalista da AFP.

sd-sst/cyj/tt/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos