Governo belga decreta 3 dias de luto nacional por atentados em Bruxelas

Bruxelas, 22 Mar 2016 (AFP) - O governo da Bélgica decretou nesta terça-feira três dias de luto nacional pelos atentados de Bruxelas que deixaram mais de 30 mortos e 200 feridos.

"É um luto excepcional. Todas as bandeiras nacionais estarão a meio mastro em todos os edifícios oficiais do país", indicou à AFP um porta-voz do primeiro-ministro belga Charles Michel, Frederic Cauderlier.

A medida será aplicada até a quinta-feira, inclusive.

Três explosões no aeroporto e no metrô de Bruxelas na manhã desta terça-feira, em um novo ataque ao coração da Europa, quatro meses depois dos atentados de Paris.

Duas explosões aconteceram no aeroporto internacional de Zaventem, nordeste da capital belga, com um balanço provisório de pelo menos 14 mortos e 96 feridos, segundo o corpo de bombeiros.

Uma das detonações teria sido provocada por "um homem-bomba", afirmou o procurador federal da Bélgica, Frederic Van Leeuw.

Outra explosão um pouco mais tarde no metrô de Bruxelas, na estação Maalbeek, em pleno coração do bairro europeu, deixou "provavelmente 20 mortos e 106 feridos", afirmou o prefeito da cidade, Yvan Mayeur, em uma entrevista coletiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos