Integrante de partido neonazista alemão é socorrido por refugiados sírios

Berlim, 22 Mar 2016 (AFP) - Um integrante do partido neonazista alemão NPD, vítima de um acidente de carro, foi socorrido por dois refugiados sírios que deixaram o local após a chegada dos bombeiros, informaram nesta terça-feira meios de comunicação alemães.

O veículo de Stefan Jagsch, liderança do NPD durante as recentes eleições municipais em Altenstadt (oeste), chocou-se frontalmente contra uma árvore depois de sair da via nesta quarta-feira (horário local), noticiou o jornal Frankfurter Rundschau, que citou um bombeiro.

Gravemente ferido, ele foi tirado de seu veículo destroçado e recebeu os primeiros socorros desses refugiados sírios, que se estavam em dois carros, indicou um porta-voz dos bombeiros voluntários de Büdingen, citados pela agência alemã DPA.

O Partido Nacional Democrático (NPD) é uma formação racista, antissemita e revisionista cuja ilegalidade está sendo examinada atualmente pela justiça alemã.

O NPD não tem grandes resultados eleitorais e seu nível nacional é insignificante, exceto em algumas regiões da ex-RDA.

Em janeiro passado, Stefan Jagsch, de 29 anos, participou em um protesto em sua região, durante o qual chamou os migrantes de "primatas fora da lei", segundo o Frankfurter Rundschau.

yap/maj/pjl/jz/lmm./cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos