Tunísia prolonga estado de emergência por três meses

Tunes, 22 Mar 2016 (AFP) - A Tunísia anunciou nesta terça-feira o prolongamento por três meses do estado de emergência em vigor desde o atentado suicida de 24 de novembro na capital.

O chefe de Estado Béji Caïd Essebsi decidiu prolongá-lo por um período de três meses a partir de 23 de março, informou a presidência da república.

É a terceira vez que se prolonga esta medida, que permite proibir as greves e as reuniões "suscetíveis de provocar ou manter a desordem", fechar provisoriamente "as salas de espetáculos e bares" e controlar "a imprensa e as publicações de todo tipo".

A Tunísia, pioneira das revoluções da Primavera Árabe de 2011, sofreu em 7 de março vários ataques jihadistas contra instalações dos serviços de segurança em Ben Guerdane, uma cidade próxima à Líbia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos