Turquia prende dez supostos membros do EI

Istambul, 22 Mar 2016 (AFP) - As forças de segurança turcas detiveram nesta terça-feira na fronteira síria dez supostos membros do grupo Estado Islâmico, entre eles um homem carregado com explosivos, três dias após o ataque suicida em Istambul que deixou quatro mortos.

Segundo fontes militares citadas pela agência de imprensa Dogan, os dez homens foram detidos na província de Gaziantep (sul), quando tentavam entrar no território turco.

Um dos suspeitos carregava um cinturão de explosivos pronto para detonar, informou a agência de notícias.

A Dogan divulgou as fotos dos dez homens, ajoelhados e com as mãos atrás da cabeça, assim como o cinturão de explosivos encontrado.

As autoridades turcas procuram outros três homens que, segundo os meios de comunicação, teriam recebido ordens do EI para atacar locais públicos muito frequentados, especialmente em Istambul.

Quatro turistas morreram em uma conhecida rua comercial de Istambul no sábado passado, e o autor do atentado suicida teria ligação com o Estado Islâmico, segundo as autoridades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos