EUA examinam informações reveladas pelo 'Panama Papers'

Nova York, 4 Abr 2016 (AFP) - As autoridades americanas estão analisando as informações reveladas pelo "Panama Papers", declarou nesta segunda-feira um porta-voz do departamento de Justiça, Peter Carr.

"Apesar de não podermos fazer qualquer comentário sobre elementos específicos incluídos neste documento, o departamento de Justiça leva muito a sério toda as denúncias concretas sobre a corrupção no exterior que possa ter vínculos com os Estados Unidos ou com o sistema financeiro americano", acrescentou.

Os bancos suíços Crédit Suisse e UBS, o britânico HSBC e o francês Société Générale foram citados no documento.

Carr não esclareceu se os acordos concluídos com o UBS e Credit Suisse, acusados de terem ajudado no passado ricos americanos a eludir o fisco de seu país, poderão ser questionados por este novo caso.

Contatado pela AFP, o contralor de serviços financeiros do estado de Nova York (DFS), que tem autoridade sobre os estabelecimentos financeiros que operam em Wall Street, não quis fazer comentários.

lo/jt/sha/jb/cn

HSBC HOLDINGS

CREDIT SUISSE GROUP

UBS GROUP AG

SOCIETE GENERALE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos