EUA: concessionárias processam Volkswagen por software adulterado

Nova York, 6 Abr 2016 (AFP) - Três concessionárias americanas da Volkswagen (VW) decidiram processar o fabricante alemão no caso do software adulterado dos motores a diesel - informaram seus advogados nesta quarta-feira.

Esta ação judicial coletiva foi apresentada em um tribunal de Illinois (norte) pelos advogados como a primeira de seu tipo já iniciada desde a explosão do escândalo, em setembro do ano passado.

Outras concessionárias já se associaram em uma ação coletiva na Califórnia.

As três empresas acusam a VW de ter "abusado intencionalmente de suas concessionárias ao instalar um software fraudulento em seus veículos a diesel", segundo um comunicado.

Os demandantes se queixam de que foram convencidos pela montadora a abrir espaços em seus estabelecimentos para vender veículos supostamente limpos, quando, na realidade, violavam as normas ambientais americanas.

O trio reivindica indenização de valor não especificado para cobrir as perdas relacionadas à desvalorização dos veículos afetados.

O grupo alemão decidiu suspender a venda dos modelos envolvidos no escândalo, mas não retirou os cerca de 600.000 veículos que existem nos Estados Unidos.

Procurada pela AFP, a VW não respondeu.

lo/jt/bdx/tt/lr

VOLKSWAGEN

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos