Sexto suspeito detido em Bruxelas na investigação dos atentados

Bruxelas, 9 Abr 2016 (AFP) - Um sexto homem foi detido na sexta-feira à noite em Bruxelas, durante uma operação da polícia sobre os atentados na capital belga, anunciou neste sábado um porta-voz da Procuradoria Federal.

A fonte não revelou detalhes. A polícia belga, que investiga os atentados de Paris e Bruxelas, prendeu na sexta-feira um dos principais suspeitos, Mohamed Abrini, e outras quatro pessoas.

De acordo com o canal VRT, o sexto suspeito é um cidadão de Bruxelas condenado durante um processo contra o pequeno grupo islamita Sharia4Belgium na Antuérpia

A investigação prossegue e, de acordo com o canal de língua francesa RTBF, uma importante operação aconteceu em um depósito do bairro de Etterbeek, na capital Bruxelas.

Algumas pessoas foram impedidas de retornar para suas casas.

A detenção na sexta-feira de Mohamed Abrini e dos outros suspeitos confirma o vínculo entre os atentados de 13 de novembro em Paris e os ataques de 22 de março na capital belga, segundo as autoridades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos