Piratas sequestram 6 marinheiros de cargueiro turco na costa da Nigéria

Lagos/Istanbul, 11 Abr 2016 (AFP) - Um grupo não identificado sequestrou seis marinheiros de um cargueiro turco nas costas da Nigéria, uma região afetada recentemente por atos de pirataria, informaram as autoridades nigerianas nesta segunda-feira.

"Seis membros da tripulação turca, incluindo o capitão do barco, o segundo comandante a bordo e o engenheiro-chefe, foram sequestrados pelos agressores", informou à AFP Chris Ezekobe, porta-voz da marinha do país.

O porta-voz disse que os piratas atacaram a embarcação antes do amanhecer, enquanto o barco navegava pelo Delta do Níger, uma zona rica em petróleo.

Ezekobe afirmou que se trata de um cargueiro utilizado em operações de transporte de cru e que as autoridades estão trabalhando com a Interpol e a polícia secreta nigeriana.

A agência turca Deniz informou que a embarcação M/T Puli é propriedade da companhia de navegação Kaptanoglu Shipping. A empresa afirmou que a tripulação que continuou a bordo e também os sequestrados estão em boas condições.

Dirk Steffen, diretor da consultora especializada em segurança marítima, Risk Intelligence, disse que o barco cobria a rota entre Port-Gentil, no Gabão, e Abidjan, na Costa do Marfim.

"A zona do Delta de Níger está sendo muito transitada atualmente e, entre os dias 7 e 10 de abril, foram registrados três ataques contra barcos mercantes", informou.

Na mesma zona, no final de 2015, um grupo pirata havia atacado um barco e sequestrado seus marinheiros, originários da Lituânia, Ucrânia e Polônia.

fb-ade-phz/ric/an/eg/mp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos