Câmara vota no domingo pedido de impeachment contra Dilma

Brasília, 12 Abr 2016 (AFP) - A Câmara dos Deputados realiza no próximo domingo (17) sua decisiva votação sobre o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff - informou o Congresso nesta terça-feira.

"A votação começará no domingo, às 14h, e calculamos que o resultado seja conhecido no início da noite", disse à AFP um assessor da Casa. São necessários os votos de dois terços da Câmara (342 dos 513 deputados) para que o processo avance para sua próxima e última etapa no Senado.

Os debates começarão na manhã de sexta-feira, com as alegações da acusação e da defesa. Em seguida, os 25 partidos representados na Câmara terão uma hora, cada um, para manifestar sua posição.

Uma comissão especial da Câmara recomendou na segunda-feira, por 38 votos contra 27, a abertura do processo de impeachment contra Dilma Rousseff, acusada de maquiar as contas públicas.

O debate será retomado no sábado, entre as 9 e 11 da manhã, com discursos individuais de três minutos para cada legislador.

A votação será realizada no domingo e cada deputado será chamado por seu nome para dizer como vota no único microfone aberto no plenário.

Caso o pedido de impeachment seja aprovado na Câmara, o processo seguirá para o Senado, que poderá decidir pelo afastamento provisório de Dilma, por até 180 dias, enquanto os senadores julgam a presidente da República.

Partidários e adversários do impeachment convocaram manifestações para a região do Congresso, e ficarão separados por um alambrado na esplanada dos ministérios.

Dilma, que iniciou seu segundo mandato em janeiro de 2015, deveria entregar a faixa presidencial no dia 1º de janeiro de 2019.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos